A melhor biblioteca online grátis

Edição antiga - Por Que Ler Mário de Andrade

FORMAT: PDF EPUB MOBI
DATA DE LANÇAMENTO: 2013
TAMANHO POR ARQUIVO: 7,13
ISBN: 9788525051677
LÍNGUA: PORTUGUÊS
AUTOR: Fonseca,Maria Augusta
PREÇO: GRATUITO

Tudo Fonseca,Maria Augusta livros que você lê e baixa de nós

Оescrevendo:

Fazer um retrato de Mário de Andrade e abordar sua vasta obra é correr um risco e empreender uma ousadia. Há muitas personalidades que convivem dentro da figura de Mário de Andrade, esse personagem difícil de apreender, enigmático, questionador, sensível, reservado, brincalhão, sério, penetrante, exigente. Seus contemporâneos por vezes o descrevem como um homem melancólico, mas também expansivo, versátil, divertido, extrovertido. No mestre conjugavam-se seriedade profissional, manifestações de espírito lúdico e respeito humano. Na presença de desconhecidos, porém, seguindo depoimento de pessoas próximas e de familiares, Mário era bastante reservado. Inteligente e meditativo, amargurado e solitário; ora contido pela discrição e angustiado, ora arrebatado e exuberante. Esses atributos passam a ser necessários para compor sua figura, ainda que as linhas do desenho sejam imprecisas. O modo de ser múltiplo, complexo, contraditório, que Mário de Andrade externava no trato pessoal, reverbera na sua produção artística, na correspondência, em artigos de jornal, nas entrevistas, em crônicas, conferências. Desse amálgama de elementos tão diversos extraem-se traduções que fez de si mesmo.

... acolhido na Guiné-Bissau, onde chega ao Governo com a pasta da Cultura, primeiramente como Coordenador-Geral do Conselho Nacional de Cultura, de 1976 a 1978 e, depois, como Ministro da Informação e Cultura, de Outubro de 1978 a Novembro de 1980, ano em que foi eleito membro do Conselho Executivo da UNESCO ... Título Por Que Ler Mario de Andrade no Portal dos Livreiros ... . Ainda há muito a descobrir, recuperar e estudar entre os escritos e documentos deixados por Mário de Andrade (1893-1945) como escritor, musicólogo, pesquisador de cultura popular, ensaísta, crítico literário e gestor cultural. Uma vertente que promete render, pelo volume e diversidade da produção, é o cruzamento das muitas faces de suas atividades. Por meio de estudos das influências ... ANDRADE, MARIO DE (Autor), Mário de Andrade (Autor) Vantagem Aderente: 10% Desconto imediato PROMOÇÃO EXCLUSIVA ONLINE: GIFT 1€ Ediçã ... Por que ler Mário de Andrade - Maria Augusta Fonseca ... . Uma vertente que promete render, pelo volume e diversidade da produção, é o cruzamento das muitas faces de suas atividades. Por meio de estudos das influências ... ANDRADE, MARIO DE (Autor), Mário de Andrade (Autor) Vantagem Aderente: 10% Desconto imediato PROMOÇÃO EXCLUSIVA ONLINE: GIFT 1€ Edição organizada com base no manuscrito 'Crítica-rio', que contém textos da coluna 'Vida literária', assinada por Mário e publicada no jornal carioca 'Diário de notícias', no período de março de 1939 a setembro de 1940, durante seu 'exílio no Rio'.... Mário de Andrade nasceu em São Paulo, a 9 de outubro de 1893. Formou-se em piano pelo Conservatório de Música de São Paulo, onde viria a lecionar por quase duas décadas. No mesmo ano, 1917, publicou o primeiro livro de poesia, Há uma gota de sangue em cada poema, sob o pseudónimo de Mário Sobral. Compre O Mário Que Não é de Andrade, de Luciana Sandroni, no maior acervo de livros do Brasil. As mais variadas edições, novas, semi-novas e usadas pelo melhor preço. Mario de Andrade publicou Macunaíma,o herói sem nenhum caráter em 1938. Por falta de editora,a tiragem do romance foi de apenas oitocentos exemplares, mas o livro foi festejado pela crítica modernista por sua inovação narrativa e de linguagem. Livro resgata textos inéditos de Mário de Andrade sobre folclore ... e ganhou esta edição coordenada por Telê ... como fez Mário de Andrade. Supõe-se que Mário quisesse dedicar um estudo ... Compre Por Que Ler Oswald de Andrade, de Maria Augusta Fonseca, no maior acervo de livros do Brasil. As mais variadas edições, novas, semi-novas e usadas pelo melhor preço. Mário de Andrade - Acervo Estadão. Texto de Mário de Andrade sobre Chiquinha Gonzaga publicado em 19/2/1940. Autora da marchinha "Ô Abre Alas", de 1899, e de uma vasta obra musical, a compositora e maestrina Chiquinha Gonzaga [11/10/1847 - 28/2/1935] foi tema de um texto do poeta Mário de Andrade, estudioso e historiador da cultura brasileira, no Estadão de 19 de fevereiro de 1940. Mário Raul Morais de Andrade (São Paulo, 9 de outubro de 1893 — São Paulo, 25 de fevereiro de 1945) foi um poeta, escritor, crítico literário, musicólogo, folclorista, ensaísta e fotógrafo brasileiro. Foi um dos pioneiros da poesia moderna brasileira com a publicação de seu livro Pauliceia Desvairada em 1922. Mario exerceu uma grande influência na literatura moderna brasileira e ... Em apenas 30 dias, quando passava umas férias em numa chácara em Araraquara, interior de São Paulo, Mário de Andrade escreveu Macunaíma que seria um clássico da literatura brasileira e que levantaria a questão se o herói é ou não o protótipo do brasileiro. Caráter, como se sabe, quer dizer muitas coisas. A interpretação mais imediata é a de que Macunáima não tem caráter ... Para comemorar a data, selecionamos edições novas e antigas de um dos principais livros da literatura brasileira. Um dos principais marcos do Modernismo, Macunaíma, o herói sem nenhum caráter completa 90 anos em 2018. Com uma linguagem simples e popular, o escritor Mário de Andrade narra a história de um dos personagens mais marcantes da literatura brasileira. Ler os contos preferidos do Mário de Andrade permite ao leitor perceber exatamente qual era o projeto de brasilidade do autor e musicólogo; é possível perceber sua predileção pela língua portuguesa flexível do povo, oral, sonora, melodiosa. É também possível ver o gosto pela erudição, quando escolhe pelo menos três contos de Machado de Assis (O alienista, O enfermeiro e A causa ... Na segunda edição da obra, por exemplo, Mário de Andrade adverte que aquele é quase um livro novo, posto que ele eliminou contos e remanejou outros, o que significa que diversas fases de sua produção acabaram contempladas ali. pela qual Mário de Andrade viveu tão intensamente. sentir e pensar o Brasil. nem sempre essas duas ideias andaram, ou andam, juntas. Mas foi tema da correspon-dên...