A melhor biblioteca online grátis

Intraempreendedorismo, Jazz e Outras Coisas

FORMAT: PDF EPUB MOBI
DATA DE LANÇAMENTO: 2017
TAMANHO POR ARQUIVO: 5,21
ISBN: 9788550800417
LÍNGUA: PORTUGUÊS
AUTOR: Spitzeck,Heiko
PREÇO: GRATUITO

Tudo Spitzeck,Heiko livros que você lê e baixa de nós

Оescrevendo:

Em resposta aos crescentes desafios sociais, econômicos e ambientais, uma onda crescente de “intraempreendedores sociais” está aproveitando o poder de grandes companhias para criar soluções de negócios para lidar com problemas sociais. Destilando conhecimentos de entrevistas com intraempreendedores sociais, seus colegas e especialistas por todo o mundo, os autores — empregando metáforas de composição musical para conjuntos de jazz — dão vida a como os negócios podem ser mais do que apenas a maximização dos lucros. Seja você um aspirante a intraempreendedor social que quer mudar o mundo enquanto mantém seu emprego ou quer renovar o espírito empreendedor de sua própria empresa, este livro é para você. Negócios de sucesso entendem que precisam engajar seus empregados, da base ao topo da hierarquia, com maneiras de lidar com problemas sociais e também de construir valor econômico em longo prazo. O intraempreendedorismo social é uma maneira útil e valiosa de capturar a essência desse comprometimento. Harvey McGrath, Presidente da Heart of the City; ex-presidente do Prudential plc, Man Group plc e da London Development Agency Uma contribuição importante ao nosso entendimento coletivo do crescente movimento intraempreendedor. Lindsay Levin, Fundadora e Sócio-gerente da Leaders’ Quest A Unipart quer que todos os seus 10.000 empregados sejam agentes de mudança. Intraempreendedorismo Social, Jazz e Outras Coisas dá dicas abundantes de “como fazer” para empresas como a nossa que querem aproveitar a energia e a criatividade de nosso pessoal. John Neil CBE, Presidente Executivo da Unipart Group Uma visão inspiradora do que é possível no mundo do trabalho. Liz Maw, CEO da Net Impact Intraempreendedorismo Social, Jazz e Outras Coisas oferece uma perspectiva distinta sobre empreendedorismo social dentro das empresas comerciais. David Nussbaum, CEO da WWF UK Este livro é realista sobre os desafios que esses empreendedores encaram e fornece orientação sobre como transformar esses desafios em vantagens. Drª Pamela Hartigan, Diretora do Skoll Centre for Social Entrepreneurship, Said Business School, Universidade de Oxford Fornece exemplos inspiradores de intraempreendedores sociais, além de ferramentas e estratégias que ajudam a colocar projetos de inovação social em prática. Henrique Bussacos, Presidente do Impact Hub Global Association & Pablo Handl; Cofundador da Impact Hub São Paulo Este livro será primordial nas estantes sobre administração por anos. Tobias Webb, Fundador do Ethical Corporation and Innovation Forum Intraempreendedores sociais estão vivendo os valores de propósito comum e espero que este livro encoraje muitas pessoas mais a imitar os exemplos contados aqui. Julia Middleton, Fundadora, CEO da Common Purpose Qualquer pessoa interessada em empreendedorismo social não deve perder esta publicação. Markus Hipp, Diretor Executivo da Fundação BMW.

...mprováveis. Google, W.L. Gore, e outras empresas investem nesse tipo de intraempreendedorismo ao permitirem seus funcionários um tempo durante a semana para trabalharem em projetos pessoais ... Intraempreendedorismo, Jazz e Outras Coisas: Grayson David ... ... . Algumas ideias geniais para serviços surgiram desses projetos pessoais, e hoje se tornaram elementos chave nas estratégias das empresas. Intraempreendedorismo é uma modalidade de empreendedorismo que consiste na prática dos funcionários possuírem a capacidade de atuar como donos do negócio, ajudando sobretudo a movimentar a criação de ideias dentro das organizações, mesmo que indiretamente. O Intraempreendedorismo é o ato de empreender dentro dos limites de uma organização já existente.. O termo foi utilizado pela primeira vez na década de 80 pelo empreendedor e escritor ... Jazz - Wikipédia, a enciclopédia livre ... . O Intraempreendedorismo é o ato de empreender dentro dos limites de uma organização já existente.. O termo foi utilizado pela primeira vez na década de 80 pelo empreendedor e escritor Gifford Pinchot III.. Traduzindo: é empreender dentro de uma empresa. Ai você me pergunta: e tem como? Tem sim, mas você precisa entender algumas coisas importantes para seguir esse caminho. Jazz é uma manifestação artístico-musical originária de comunidades de Nova Orleães, nos Estados Unidos. [1] Tal manifestação teria surgido por volta do final do século XIX na região de Nova Orleães, tendo origem na cultura popular e na criatividade das comunidades negras que ali viviam, um de seus espaços de desenvolvimento mais importantes. Como dizem David Grayson, Melody McLaren e Heiko Spitzeck em seu livro Intraempreendedorismo social, Jazz e outras coisas "os intraempreendedores sociais podem aproveitar-se de infraestruturas e ... Como dizem David Grayson, Melody McLaren e Heiko Spitzeck em seu livro Intraempreendedorismo social, Jazz e outras coisas: "os intraempreendedores sociais podem aproveitar-se de infraestruturas e capacidades organizacionais existentes para entregar valor social em larga escala. Além disso, eles usam ferramentas psicológicas exponenciais, ou seja, maneiras de pensar em escala, estados de fluxo e outras coisas que permitem aos empreendedores ampliarem seu jogo mental. Eles também usam o poder exponencial das multidões , com crowdsourcing , crowdfunding e construção de comunidades, que permitem o acesso ao capital e a experiência para que realmente aumentem o ... A história do jazz mostra a velocidade com a qual esse gênero capta as transformações do mundo e as assume para si, criando em tempo real aos ajustes da vida humana novas correntes musicais. Desde o final do século 19, quando surgiu, o jazz passou a oferecer sugestões em ciclos de dez em dez anos sobrepondo (e não substitu...