A melhor biblioteca online grátis

A Revolução Passiva

FORMAT: PDF EPUB MOBI
DATA DE LANÇAMENTO: 2004
TAMANHO POR ARQUIVO: 10,88
ISBN: 9788571061293
LÍNGUA: PORTUGUÊS
AUTOR: Vianna,Luiz Werneck
PREÇO: GRATUITO

Ao melhor A Revolução Passiva pdf, que você encontrará aqui

Оescrevendo:

A obra que veio a público pela primeira vez em 1997 e foi vencedora do Prêmio Sérgio Buarque de Holanda, oferecido pela Biblioteca Nacional, chega em sua segunda edição revista e com prefácio da professora e escritora Maria Alice Rezende de Carvalho, autora de outro livro consagrado e premiado, "O V Século". "A Revolução Passiva - Iberismo e americanismo no Brasil" é uma coletânea dos cinco mais importantes artigos produzidos pelo autor durante a década de 90, criada e assimilada a partir da expressão assumida pelo conceito gramsciano de revolução passiva no contexto brasileiro. Os artigos são norteados por duas questões: uma discussão sobre a revolução passiva e seu modo de manifestação na modernização capitalista brasileira e o destino singular disto que foi qualificado pelo autor, como americanismo.

...abstrata entre hegemonia e revolução permanente termina, de alguma forma, na reivindicação da revolução passiva como programa e como estratégia ... PDF Gramsci, Revolução Passiva E História Contemporânea ... . O termo "revolução passiva" foi reelaborado pelo filósofo e dirigente comunista italiano Antonio Gramsci. Ele retirou o conceito do livro Saggio storico sulla rivoluzione di Napoli, de Vincenzo Cuoco, que aborda a chamada revolução napolitana (1799). Revolução passiva, a Luiz Werneck Vianna, professor e pesquisador do IUPERJ, tem sua obra A revolução passiva - Iberismo e americanismo no Brasi ... PDF Gramsci, Revolução Passiva E História Contemporânea ... . Revolução passiva, a Luiz Werneck Vianna, professor e pesquisador do IUPERJ, tem sua obra A revolução passiva - Iberismo e americanismo no Brasil reeditada pela editora Revan.A obra, que veio a público pela primeira vez em 1997, e foi... "revoluções passivas"(GRAMSCI, 1999, p.393). Segundo Del Roio: Por ora, Gramsci entende o conceito de revolução passiva como passível de apreender um fenômeno de "revolução sem revolução" produzida por um impacto externo ou de um fenômeno que demarca uma fase de um processo mais longo de revolução. Essa "Revolução Passiva" foi gerada na cabeça de Gramsci com base em dois conceitos: o de poder e o de hegemonia. Para ele, o poder é o domínio sobre o aparelho do Estado, enquanto a hegemonia é o domínio psicológico sobre a sociedade. Assim, a tomada de poder, ... Revolução Francesa e do napoleonismo (revolução passiva). (Ibid., p. 350) O termo "revolução passiva" entre parênteses foi, de acordo com a edição brasileira dos Cadernos que estamos usando, ...